OMT quer destacar ética como prioridade para o setor turístico em 2014

2 janeiro 2014

Área é tida como a que mais desafia o desempenho positivo dos últimos anos; até 2030, espera-se que crescimento global do setor supere os 3%.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Mundial do Turismo, OMT, diz que vai destacar a ética na área junto aos governos e aos operadores no setor privado em 2014.  As previsão de crescimento do setor, a nível internacional, em 2013, ronda os  4%.

Em declarações à Rádio ONU, de Lisboa, a diretora de comunicação da agência, Sandra Carvão, enumerou os desafios que acompanham o desempenho turístico dos últimos anos.

Parte Social

“Com este crescimento, a responsabilidade dos atores no setor também cresce. É preciso, realmente, as empresas tenham implementado políticas sociais de proteção, não só do meio ambiente que muitas vezes é a área em que quando falamos de desenvolvimento sustentável pensamos imediatamente, mas também sobretudo a parte social e toda a parte de direitos humanos.”

Com previsões a apontar para um crescimento anual de 3,8% até 2020 e 3,3% de 2020 até 2030, a responsável destaca a importância de ter o turismo acessível para todos.

Objetivos

“Trabalhar para que, tanto a nível dos governos como do setor privado,  aumente a implementação dos princípios do código ético mundial do turismo que, no final, tem como grande objetivo que se possa ter uma maior contribuição do setor para o de desenvolvimento sustentável. Neste caso, em termos da agenda das Nações Unidas para os futuros objetivos de desenvolvimento sustentável,”  reiterou.

Em agosto, a OMT aprovou medidas sobre o turismo acessível, uma das apostas que diz pretender abordar de forma mais enfática com os governos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud