ONU reforça representação humanitária na Somália

31 dezembro 2013

Secretário-Geral nomeou Philippe Lazzarini para melhorar ação no apoio humanitário às autoridades; representante já trabalhou na área em Angola.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Iorque.*

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, nomeou o suíço Philippe Lazzarini como seu representante especial-adjunto e coordenador residente e humanitário na Somália.

Nas novas funções, deverá operar próximo de Nicholas Kay, que lidera a Missão das Nações Unidas no país, Unsom. Lazzarini exerceu funções de coordenação de assuntos humanitários em Angola, no Iraque, na Somália e nos territórios palestinianos ocupados.

Desenvolvimento

Desde março deste ano, o incumbente é coordenador humanitário e representante residente do Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud, no país do Corno de África.

A ONU refere que o novo posto inclui coordenar as diferentes agências que operam na Somália, com vista a “melhorar a sua eficiência e eficácia na prestação de apoio humanitário e de desenvolvimento para o Governo.”

Apoio Internacional

O cargo inclui ainda apoiar a paz e a reconciliação, além de ajudar o Governo e a Missão Conjunta da ONU e da União Africana na Somália, Amisom.

O Conselho de Segurança estabeleceu a Unsom, em maio deste ano, para coordenar de forma mais eficaz o apoio internacional ao Governo Federal da Somália.

Progresso

Após ter sido marcado por conflitos faccionais desde 1991, o país registou progressos recentes no sentido da estabilidade.

Em 2011, as milícias islamitas al-Shabaab retiraram de Mogadíscio, e no ano passado foram criadas novas instituições governamentais no fim da fase de transição a culminar com um governo permanente, eleito democraticamente.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud