Relatora da ONU para o Direito à Água encerra visita ao Brasil
BR

19 dezembro 2013

Missão de Catarina de Albuquerque teve o objetivo de avaliar as melhorias e desafios do setor de água e saneamento; ela conversou com moradores de comunidades em Brasília, Rio, São Paulo, Fortaleza e Belém.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

No complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, a relatora da ONU para o Direito à Água e Saneamento, Catarina de Albuquerque, ouviu indignada o testemunho da moradora Aliciana Silva.

“Aquilo ali está previsto para cair. Se der mais uma chuva, vai cair. Aí eles (autoridades) falam que não podem fazer nada. Que tem que esperar, esperar. Esperar até quando? Tinha que fazer uma encosta, fazer alguma coisa. Se tivesse dinheiro, eu não moraria aqui. A gente ganha salário mínimo, não tem como.”

Riscos

As fortes chuvas colocam em risco a casa de Aliciana, que fica em frente a um morro que pode desabar. O relato da moradora do Rio de Janeiro foi apenas um entre os vários ouvidos pela representante da ONU durante a visita de 10 dias ao Brasil.

Catarina de Albuquerque encerra a missão no país nesta quinta-feira, após ter conversado com moradores de comunidades em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza e Belém do Pará.

Esgoto

Em entrevista à Rádio ONU durante a viagem, a relatora falou sobre a situação dos civis afetados por enchentes na Baixada Fluminense.

“O que eu vi foram crianças a brincar no esgoto, pessoas a caminharem para ir ao trabalho, caminhando através do esgoto. Aquilo que eu vi foi uma situação de calamidade pública. A verdade é que aquelas pessoas não têm acesso a quantidades suficientes de água, não têm acesso ao esgoto, portanto seus dejetos vão diretamente para os rios. E vi também uma raiva em algumas das pessoas, quando veêm que não há água suficiente para elas, mas há água suficiente para a indústria.”

Catarina de Albuquerque também teve reuniões com representantes do governo e de ONGs. Com base no que viu durante a visita ao Brasil, a especialista irá preparar um relatório para o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, que será entregue no ano que vem.

*Com informações de Andrew Paterson, enviado especial da TV ONU ao Rio de Janeiro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud