Monusco pede investigação sobre 21 corpos encontrados em Beni

17 dezembro 2013

Missão da ONU na República Democrática do Congo disse que vítimas incluem mulheres e crianças; representante do Secretário-Geral afirmou que essas atrocidades não podem ficar impunes.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*    

A Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco, quer o início imediato de uma investigação em torno de 21 corpos encontrados pelos soldados da paz em Beni, no Kivu Norte.

Segundo a Monusco, as vítimas, incluindo mulheres e crianças, foram brutalmente assassinados, três menores foram decapitados na área do nordeste.

Justiça

A força de paz da ONU é comandada pelo general brasileiro Carlos Alberto dos Santos Cruz.

O representante especial do Secretário-Geral para o país, Martin Kobler, afirmou que tais atrocidades não podem ficar impunes, tendo pedido que os responsáveis sejam levados à justiça.

A Monusco está a patrulhar toda a região a pé, tendo enviado helicópteros para evitar o agravamento da segurança na área.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud