Criada rede global para conter narcotráfico e crime organizado

13 dezembro 2013

Unodc defende mais robustez e união entre entidades do setor; anualmente, rendimentos totais de drogas ilícitas rondam os US$ 320 mil milhões.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Agências de combate ao crime de todo o mundo anunciaram a criação de uma iniciativa contra o narcotráfico e outras formas de crime organizado transnacional.

A Rede das Redes, na tradução em português, foi anunciada num encontro com o objetivo de melhorar a coordenação de esforços na área. O evento decorreu até esta sexta-feira na cidade turca de Istambul.

Afeganistão

De acordo com o Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, os rendimentos totais de drogas ilícitas a nível global rondam os US$ 320 mil milhões anuais.

Grande parte do montante provém de opiáceos, como resultado do tráfico que vale em torno de US$ 68 mil milhões. O Afeganistão é tido como ponto de origem de 75% dos derivados do ópio fornecidos ao mundo.

União

Falando no encontro, o diretor executivo do Unodc dise que a iniciativa deve alavancar forças combinadas de região para região. Para Yury Fedotov, uma rede mais unida e forte deve combater o tráfico de drogas de forma efetiva.

Entre os afiliados estão o Centro Regional de Informação Coordenação, o Centro Criminal de Inteligência do Golfo, a Célula de Planeamento Conjunta e o Centro Europeu do Sudeste para Aplicação da Lei.

No evento, o Unodc apresentou o mais recente relatório sobre o tráfico de droga na rota dos Balcãs, um dos principais corredores com até 65 toneladas de heroína movimentadas anualmente do Afeganistão para a Europa Ocidental e Central.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud