Banco Mundial financia gestão sustentável de recursos na Etiópia

12 dezembro 2013

Órgão concede US$ 50 milhões para atividades que incluem formar agricultores em seis bacias hidrográficas; degradação da terra consome até 3% do rendimento na agrícola do país africano.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial anunciou uma linha de crédito no valor de US$ 50 milhões para apoiar os esforços da Etiópia para reduzir a degradação do solo e melhorar a produtividade da terra.

O investimento será feito em bacias hidrográficas de seis regiões, com aplicação em áreas como apoio técnico e capacitação de pequenos agricultores.

Chuvas

O órgão refere que o fim da pobreza ainda está longe dos carenciados das áreas rurais apesar de paisagens e de outros recursos naturais que dão acesso à água potável, safras, madeira e lenha.

Com a terra a degradar de forma persistente são prejudicados os movimentos da água, a disponibilidade de produtos florestais e a produtividade agrícola.

Gestão

O custo da degradação das terras etíopes equivale a até 3% dos rendimentos da agricultura, o que para o órgão mostra a relevância de uma gestão mais sustentável dos recursos naturais e da paisagem.

Estima-se que 1,8 milhão de etíopes sejam direta ou indiretamente beneficiados pelo investimento.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud