Dois brasileiros ganham prêmio de fotografia nas Nações Unidas
BR

5 dezembro 2013

Paulo Filgueiras e Luiz Rampelotto foram agraciados com o segundo e terceiro lugares respectivamente; distinção é entregue pela Associação de Correspondentes da ONU, Unca; palestino Ahmed Deeb levou primeiro lugar.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Dois fotógrafos brasileiros foram vencedores do Prêmio de Fotografia da Associação de Correspondentes Estrangeiros da organização.

Segundo a Associação, o objetivo é homenagear os autores de imagens que ajudam a melhor compreender a complexidade do cenário político internacional.

Segundo Definitivo

O prêmio foi entregue aos vencedores pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. O primeiro lugar foi dado ao fotógrafo palestino, Ahmed Deeb. Um outro ganhador, o fotógrafo carioca Paulo Filgueiras, não pôde comparecer à entrega por estar a caminho da Europa, onde irá acompanhar Ban numa visita oficial.

Filgueiras começou a carreira fotografando ondas de surfe e depois passou para a moda. Nesta entrevista à Rádio ONU, ele fala sobre a experiência de trabalhar com o Secretário-Geral retratando momentos relevantes da política internacional.

“O Secretário-Geral realmente tem uma agenda super intensa. E nós temos que lidar com várias logísticas dentro de segurança, velocidade de estar à frente do Secretário-Geral esperando para aquele segundo definitivo acontecer, estar preparado para isso. Estar junto à ONU agora, neste momento, tem me dado uma outra visão de fotografia e uma outra visão humanística.”

Liberdade de Imprensa

O concurso contou com mais de 600 fotografias. O vencedor do terceiro lugar da competição, o fotógrafo gaúcho Luiz Rampelotto, foi reconhecido por capturar um momento

Paulo Filgueiras

considerado simbólico para a liberdade de imprensa.

“A minha (foto) que foi escolhida foi a de um jornalista levantando a caneta e pedindo para fazer uma pergunta. Eu acho que foi essa a razão pela qual eles escolheram para mostrar a liberdade de imprensa dentro das Nações Unidas. O jornalista foi o Matthew Lee, do Inner City Press, que estava pedindo para fazer uma pergunta.”

Em seu discurso antes da entrega, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, lembrou de correspondentes que perderam a vida este ano como o jornalista britânico, Graham Usher, e o cinegrafista Glenn Gabel.

Esta foi a terceira edição do Prêmio de Fotografia realizada na sede das Nações Unidas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud