Entrevista: Regina Ungerer

2 dezembro 2013

A Organização Mundial da Saúde, OMS, alertou que 500 mil pessoas por ano sofrem lesão na espinha dorsal.

A médica Regina Ungerer, coordenadora da rede de informação em português da OMS, falou à Rádio ONU, de Genebra, sobre as principais causas das lesões.

Segundo ela, os acidentes de trânsito são a maior causa, como também as quedas e a violência.

Ungerer disse que os homens representam o maior grupo de risco para esse tipo de lesão. Ele explicou também que os problemas na espinha dorsal não representam apenas uma questão de saúde, mas também econômica, já que muitas pessoas deixam de trabalhar por causa das dores.

Como forma para combater o problema, a médica da OMS sugere campanhas educativas para ensinar às pessoas coisas básicas, como por exemplo, a forma de sentar.

Escute a entrevista com Edgard Júnior.

Duração: 06’50”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud