Melhorias na previsão do tempo podem gerar economia de US$ 30 bilhões
BR

27 novembro 2013

Relatório da Organização Mundial de Meteorologia, OMM, e apoiado pelo Banco Mundial diz que medidas poderiam ajudar a salvar 23 mil vidas por ano.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Um relatório apoiado pelo Banco Mundial e das Nações Unidas sugere que 23 mil mortes por ano poderiam ser evitadas caso houvesse melhores serviços de previsão do tempo.

A constatação é parte do documento “Resiliência do Tempo e do Clima: Preparação Eficaz através de Serviços Meteorológicos e Hidrológicos”, divulgado nesta quarta-feira em Genebra, na Suíça.

Equipamentos

Segundo o relatório, a medida poderia ajudar não só a salvar vidas, mas também a economizar até US$ 30 bilhões com benefícios econômicos, investimentos em agências de meteorologia e hidrologia, além de equipamentos mais modernos e pessoal qualificado.

O levantamento do Fundo Global para a Redução de Desastres e Recuperação recomenda também aos governos uma melhor preparação para enfrentar os desastres naturais incluindo tempestades, secas e cheias.

De acordo com o Banco Mundial, cada dólar gasto em alerta representa uma economia de até US$ 35 na resposta aos desastres. Os especialistas sugerem que o foco seja mudado para prevenção e preparação devido à intensidade e à frequência de temperaturas extremas, como resultado também da mudança climática.

Avisos Regulares

O chefe da OMM, Michel Jarraud, disse que sem avisos regulares dos serviços de meteorologia, o número de mortos pelo tufão nas Filipinas e no Vietnã teria sido ainda maior.

O Fundo Global para a Redução de Desastres e Recuperação afirmou que embora os gastos sejam altos, os investimentos valem a pena por ajudar a salvar vidas e a gerar economias para os países.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud