Arqueologistas encontram provas da vida de Buda no século 6 AC

27 novembro 2013

Projeto da Unesco no Nepal descobriu estrutura no local do nascimento do líder religioso usada 600 anos antes do nascimento de Jesus Cristo; trata-se da primeira vez em que uma descoberta arqueológica liga a vida de Buda a um século específico.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Um projeto arqueológico da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, encontrou provas de que Buda viveu no século 6AC, antes do nascimento de Jesus Cristo.

Durante as escavações no Jardim Sagrado de Lumbini, área considerada Património Mundial e já conhecida como o local de nascimento de Buda, os arqueologistas descobriram uma estrutura que era utilizada durante o período.

Primeira Vez

Segundo a Unesco, esta é a primeira vez em que uma pesquisa arqueológica liga a vida de Buda a um século específico.

O professor Robin Coningham, da universidade Durham, na Grã-Bretanha, foi um dos chefes da expedição no Nepal. Segundo referiu, sabe-se muito pouco sobre a vida de Buda e muitos estudiosos dizem que  teria vivido no século 3 antes de Cristo.

Mas Coningham explica que a descoberta agora mostra uma sequência arqueológica em Lumbini a revelar uma edificação do século 6.

Orgulho

A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, referiu que “a organização está orgulhosa em estar associada a uma importante descoberta num dos locais mais sagrados e de uma das mais antigas religiões do mundo.”

Para garantir a proteção de Lumbini, Bokova pediu mais pesquisas arqueológicas e mais trabalhos de conservação.

O ministro da Cultura do Nepal, Ram Kumar Shrestha, afirmou que as descobertas são muito importantes para a melhor compreensão do local do nascimento de Buda.

Mais de 500 milhões de pessoas no mundo são budistas. Calcula-se que até 2020, 22 milhões de peregrinos visitem o considerado templo sagrado para os budistas em Lumbini.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud