Banco Mundial anuncia nova parceria estratégica com África do Sul

13 novembro 2013

Foco de plano trienal será igualdade, investimento e instituições;  iniciativa segue-se ao projeto de apoio ao investimento da companhia estatal de eletricidade que decorre desde 2010.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial anunciou um acordo de parceria de três anos com a África do Sul com vista a reduzir as desigualdades, promover o investimento e reforçar as instituições.

Sem revelar montantes, o órgão realçou a importância do chamado núcleo de conhecimento para o sucesso da estratégia. O Banco Mundial apoiou recentemente o estabelecimento da iniciativa com vista a dar apoio contínuo à segurança energética sul-africana.

Educação

A parceria, a vigorar entre 2014 e 2017, deve-se concentrar em questões como saúde, educação urbana e básica.

Apesar do que o Banco Mundial chama realizações significativas, a África do Sul enfrenta desafios de desenvolvimento que incluem a desigualdade refletida nos níveis de pobreza e de desemprego.

Eletricidade

Em 2010, o país obteve um empréstimo de US$ 3,75 mil milhões para o projeto de apoio ao investimento da companhia estatal de eletricidade, Eskom.

A aposta é reforçar a rede de distribuição e a segurança energética eficiente e sustentável no país, que inclui o cumprimento da estratégia de mitigação de carbono a longo prazo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud