ONU defende maior investigação em benefício dos mais carenciados

12 novembro 2013

Secretário-Geral pede maior aproveitamento do poder da ciência em mensagem alusiva à Semana Internacional da Ciência e da Paz, proclamada há 25 anos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

As Nações Unidas celebram, até 17 de novembro, a Semana Internacional da Ciência e da Paz dando destaque ao desafio de promoção da investigação para beneficiar aos pobres. 

Para o Secretário-Geral é necessária atenção às necessidades dos mais carenciados e dos mais vulneráveis, como os pequenos agricultores.

Visão Ousada

Em mensagem, Ban Ki-moon considera necessária a redução do fosso no acesso à tecnologia da informação e a expansão da educação. Para o responsável, a medida pode “preparar melhor os jovens para empregos nos domínios da ciência, da tecnologia, da engenharia e da matemática.”

O conjunto de esforços foi considerado fundamental para acelerar as ações rumo ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, além da definição de uma “visão ousada para o período pós-2015.”

Progresso

Conforme referiu, a ciência e a tecnologia têm papéis importantes na promoção do progresso e da paz. Ban citou áreas que vão desde as mudanças climáticas, saúde pública, segurança alimentar, saneamento, desarmamento e preparação para a ocorrência de catástrofes.

Conforme observou, frequentemente políticos não estariam conscientes das soluções oferecidas pela ciência moderna e a tecnologia para os desafios contemporâneos. Ban observa que grande parte do mundo permanece alheia aos avanços científicos.

O Secretário-Geral destaca que a presente geração é a primeira com o conhecimento e com as ferramentas para acabar com a pobreza extrema.

Para tal, Ban pediu o trabalho em conjunto para aproveitar o poder da ciência em prol de um bem maior e promover políticas baseadas em dados comprovados.

A celebração do período foi proclamada há 25 anos pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud