Países do G20 se comprometem a facilitar emissões de vistos de turismo BR

Países do G20 se comprometem a facilitar emissões de vistos de turismo

Meta é estimular crescimento econômico e gerar mais empregos no setor; Organização Mundial do Turismo cita progressos alcançados nos últimos anos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Os ministros do Turismo dos países do G20, grupo com as 20 maiores economias do mundo, concordaram que facilitar a emissão de vistos deve ser uma prioridade.

A meta é estimular o crescimento econômico e gerar mais empregos no setor. Para a Organização Mundial do Turismo, OMT, vários países fizeram progressos nos últimos anos para facilitar as políticas de vistos.

Renda

Mas o secretário-geral da agência, Taleb Rifai, nota que apesar dos avanços, ainda há espaço para ampliar as iniciativas de facilitação de vistos que ajudam no crescimento do turismo e geram mais renda e empregos.

Segundo a OMT, as economias do G20 podem reduzir o tempo de espera para o processo de pedido de visto, melhorar a capacidade dos consulados ou abrir novos consulados e até dispensar a necessidade de visto para passageiros em trânsito.

Exemplos

A ministra dos Esportes da Grã-Bretanha, Helen Grant, afirmou que o processo de visto para cidadãos chineses, por exemplo, já está sendo simplificado. 

Um levantamento da OMT mostra que se os países do G20 facilitassem os pedidos de visto, poderiam ser criados 5,1 milhões de empregos até 2015 e assim, gerar US$ 206 bilhões extras em receitas.

O tema foi debatido em um encontro em Londres, na semana passada, com representantes da Argentina, Brasil, China, Estados Unidos, Grã-Bretanha e outros países do bloco.