Unesco preocupada com jovens, género e limites de acesso às TIC

30 outubro 2013

Especialista fala do impacto das tecnologia de informação e comunicação no universo juvenil; tema é abordado no 8º Fórum da Juventude que decorre até esta quinta-feira, em Paris.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Organização da ONU para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, criou o mecanismo para ouvir os jovens antes da realização da sua Assembleia Geral. O objetivo é que as propostas juvenis sejam implementadas na estratégia da agência, que realça o continente africano e os jovens.

A informação foi dada, esta quarta-feira, pelo especialista em tecnologia da informação e redes sociais da Unesco, Vincent Defourny. Até esta quinta-feira, centenas de jovens de todo o mundo estão reunidos no 8º Fórum da Juventude da Unesco.

Violência

Em declarações à Rádio ONU, de Paris, Defourny mencionou o Quénia, pela criação de um sistema de alerta precoce no contexto da violência pós-eleitoral ocorrida há cinco anos.

“Uma rede de jovens sobretudo mulheres que tentaram denunciar as violações dos direitos humanos e do direito eleitoral durante a campanha eleitoral (no Quénia) de alguns anos atrás (2007-2008) e que foram muito sangrentas. Então, as jovens mulheres foram muito ativas nesse campo desenvolvendo este sistema de alerta precoce para que a violência não ocorresse tão rapidamente.”

Género

A questão da disparidade de género no uso das tecnologias da informação é  outra preocupação da Unesco. A agência tenta promover formas de inclusão social e digital principalmente nos países em desenvolvimento.

O encontro de jovens antecede à Assembleia Geral da agência da ONU, e visa colher a opinião juvenil sobre a eficiência de políticas públicas nas áreas da educação, ciência e cultura.

No dia de encerramento do Fórum, será abordado o Youthmobile, uma iniciativa baseada no uso do telemóvel e da tecnologias e aplicações para telefones inteligentes.

O objetivo é que os aparelhos sejam usados por 1 mil milhão de jovens para também gerar oportunidades na economia e na criação de empregos.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud