ONU e parceiros levam socorro a mais de 150 mil afectados pelas cheias

29 outubro 2013

Operações nos últimos meses ajudaram a vítimas das enchentes no Sudão do Sul; agências levam alimentos, utensílios de casa, água e assistência médica aos afectados.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

As Nações Unidas e agências parceiras estão a levar ajuda para as vítimas das cheias no Sudão do Sul. O coordenador interino de Ajuda Humanitária no país, Chris Nikoi, disse que muitos têm enfrentado dificuldades devido às inundações.

Nikoi afirmou que a resposta deverá continuar à medida que ocorre o acesso a novas áreas.

Transporte Aéreo 

As agências estão a transportar alimentos, utensílios domésticos, água e saneamento, além de assistência médica.

De acordo com a ONU, 60% das estradas estão intransitáveis. Muitas delas só podem ser alcançadas pelo transporte aéreo, o que encarece a resposta humanitária.

Segundo a imprensa local, o governo estima que cerca de 37 mil lares tenham sido afectados pelas inundações entre as quais o Alto Nilo e Jonglei.

O representante da ONU disse que as agências agradecem as acções proactivas do governo, incluindo a criação de um fundo de resposta para cheias, além de uma força-tarefa nacional.

Para Chris Nikoi, as medidas devem ajudar a aliviar o sofrimento das vítimas das cheias no Sudão do Sul.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud