Opaq completa primeira ronda de verificação na Síria
BR

28 outubro 2013

Missão conjunta da ONU e da Organização para a Proibição de Armas Químicas já checou atividades em 21 dos 23 locais com arsenal químico no país; dois lugares ainda não foram visitados por questões de segurança.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A equipe da Missão Conjunta ONU-Opaq terminou a primeira fase de verificação das atividades de armas químicas na Síria. Os especialistas das Nações Unidas e da Organização para a Proibição de Armas Químicas visitaram 21 dos 23 locais declarados pelo governo com arsenal químico.

Os dois lugares restantes ainda não foram verificados por questões de segurança. A missão conjunta trabalha para garantir as condições necessárias para o acesso seguro aos locais.

Declaração

Segundo a Opaq, a Síria submeteu uma declaração formal sobre seu programa de armas químicas na quinta-feira, três dias antes do prazo final para a entrega.

O governo também enviou um plano geral para a destruição do arsenal, para a consideração do Conselho Executivo da Opaq.

Planejamento

A Missão Conjunta ONU-Opaq na Síria foi estabelecida para que se alcance a eliminação do programa de armas químicas no país da maneira mais segura possível.

Na semana passada, o porta-voz da Opaq afirmou que a destruição de todo o arsenal pode ser realizada até 1˚ de novembro. Segundo Michael Luhan, o processo é simples e de baixo custo e envolve amassar e cortar o metal de foguetes ou bombas preparados para receber agentes químicos.

Em meados deste mês, a Opaq ganhou o Prêmio Nobel da Paz 2013.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud