ONU saúda cimeira Sudão-Sudão do Sul sobre o futuro de Abyei

23 outubro 2013

Em Juba, líderes dos dois países abordaram administração, conselho local e serviço da polícia para a região disputada; debate incluiu criação de zona de fronteira desmilitarizada segura até novembro.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral saudou, esta quarta-feira, os presidentes do Sudão e do Sudão do Sul pela realização de uma cimeira que debateu o estabelecimento de uma administração da disputada região de Abyei.

Em nota, Ban Ki-moon disse estar ciente da intenção dos dois líderes no sentido de intensificar ações nesse sentido, assim como a criação de um Conselho e um Serviço de Polícia para a área. O encontro de Omar al-Bashir e Salva Kiir decorreu na capital do Sudão do Sul, Juba.

Referendo

Abyei é rica em recursos naturais e continua foco de tensão entre os dois países. Agências noticiosas apontam a existência de receios de retorno a confrontos na área, cujo estatuto ficou por definir num referendo que foi adiado em 2011.

O chefe da ONU também disse que congratula-se com a decisão de al-Bashir e Kiir no sentido de acelerar o estabelecimento pleno da zona de fronteira desmilitarizada segura até meados de novembro.

Estatuto

O apelo lançado pelo Secretário-Geral é para que ambos os países  retomem urgentemente as consultas para determinar o estatuto da área, que foram dadas pelo Painel de Alto Nível de Implementação da União Africana.

Na área, que também regista confrontos entre etnias Misseriya e  Ngok, Ban Ki-moon exortou aos líderes comunitários a abster-se de quaisquer iniciativas unilaterais que possam aumentar as tensões em Abyei.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud