Em Angola, Unesco reúne 20 países para impulsionar educação em África

18 outubro 2013

Iniciativa apoiada pelo governo angolano decorre de 18 e 22 de outubro em Luanda; agência da ONU diz que maioria dos países não vai alcançar as seis metas do programa “Educação para Todos”.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Angola acolhe, a partir desta sexta-feira, um encontro da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, com vista a impulsionar o avanço da educação em África.

A segunda reunião regional “Educação para Todos”, EFA, junta 20 países e conta com o apoio do governo de Angola. O encontro de cinco dias, é parte da iniciativa lançada em março deste ano para acelerar o progresso do setor.

Metas

Segundo a Unesco, 32 dos 45 países que participam do movimento não devem atingir as seis metas de “Educação para Todos”. Somente 12 têm alguma probabilidade de alcançar os objetivos se houver um avanço. 

Na reunião, as nações da região da África Subsaariana devem observar de perto os progressos conquistados pelos oito Estados africanos que participaram da primeira fase da iniciativa.

Angola

Entre elas estão Angola, Chade e Côte D’Ivoire, também conhecida como Costa do Marfim. Outros 12 países devem adotar a iniciativa de educação no encontro em Luanda.

O evento vai capacitar os representantes dos países para que possam desenvolver as propostas da EFA, além de fornecer um guia técnico sobre como implementar as medidas.

No evento, também será lançado um Relatório Global sobre o Ensino de Adultos em África.

A iniciativa da Unesco pretende apoiar determinados países da África Subsaariana no início do processo para redefinir as prioridades da EFA e desenvolver os esforços para avançar com as ações estratégicas.

Segundo a agência da ONU, isto será feito através da mobilização de um forte compromisso político e financeiro do país.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud