Unicef: falta de higiene causa 1,7 bilhão de casos de diarreia por ano
BR

15 outubro 2013

No Dia Global da Lavagem de Mãos, neste 15 de outubro, agência da ONU lembra que o simples uso de água e sabão pode prevenir doenças; 1,4 mil crianças menores de cinco anos morrem todos os dias por diarreia.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

No Dia Global da Lavagem de Mãos, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, está fazendo um alerta sobre a importância de prevenir a diarreia, que mata, a cada dia, 1,4 mil crianças menores de cinco anos de idade.

O Unicef destaca que o simples uso de água e sabão antes das refeições e após utilizar o banheiro pode reduzir “drasticamente” os casos de diarreia. Segundo a agência, são 1,7 bilhões de pessoas que têm diarreia por ano e deste total, 600 mil não sobrevivem.

Atividades

Este ano, o dia tem como tema “O Poder Está em Nossas Mãos”. Na Etiópia, 5 milhões de crianças estão participando de atividades de lavar as mãos e workshops em todo o país.

O Unicef destaca que as comemorações acontecem em todo o globo, principalmente em escolas primárias de países como no Iêmen, Vietnam, Serra Leoa e Gâmbia.

20 Segundos

De acordo com a agência, a diarreia é a segunda principal causa de morte de crianças com cinco anos ou menos. As causas são falta de água potável, de saneamento e de atos básicos de higiene.

O Unicef lembra que uma das barreiras mais simples e baratas contra infecções é lavar as mãos com sabão e a ação deve durar pelo menos 20 segundos, para matar as bactérias.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud