No Dia da Mulher Rural, ONU destaca contributo para o desenvolvimento

15 outubro 2013

Realçado papel fundamental nas transformações económicas, ambientais e sociais; ONU Mulheres diz que maiores desafios são acesso limitado ao crédito, à saúde e à educação.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*   

A entidade das Nações Unidas que promove a igualdade de género e a autonomia feminina, informou que as mulheres rurais representam a chave para o desenvolvimento sustentável.

A declaração da ONU Mulheres foi feita para marcar o Dia Internacional da Mulher Rural, nesta terça-feira, 15 de outubro.

Transformações

Segundo a agência, elas desempenham um papel importante nas transformações económicas, ambientais e sociais exigidas para um desenvolvimento sustentável.

Os principais desafios apontados para as residentes das áreas rurais são a falta de acesso ao crédito, aos cuidados de saúde e também à educação. Os fatores são agravados pelas crises económica e alimentar globais, além das mudanças climáticas.

Produtividade

A ONU mulheres considera essencial dar autonomia ao grupo, não apenas pelo seu bem-estar, das suas famílias e das comunidades, mas também pela produtividade económica geral.

A agência participa e apoia leis, políticas e programas que afetem a vida das mulheres rurais, consideradas fundamentais na produção de alimentos e por representarem boa parte da mão-de-obra agrícola no mundo.

Igualdade

A Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação, FAO, calcula que se as mulheres agricultoras tivessem o mesmo tipo de acesso que os homens, a produção nos países em desenvolvimento aumentaria 4%.

Segundo a FAO, seria possível reduzir em 17% o número de desnutridos, o que representa aproximadamente 150 milhões de pessoas.

Para ajudar à mulher rural no combate à pobreza, em 2012, a ONU Mulheres aliou-se ao Programa Mundial de Alimentação, PMA, à FAO e ao Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola, Fida.

Integração

As entidades lançaram um programa para dar maior autonomia ao grupo através da integração económica e de iniciativas de segurança alimentar.

A iniciativa tem como objetivo dar força à mulher rural para que possa lutar pelos seus direitos à terra, liderança, oportunidades e escolhas. Ao mesmo tempo, o programa apoia a sua participação na criação de leis, políticas e programas específicos para o grupo.

* Apresentação: Eleutério Guevane

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud