ONU e Opaq ainda não foram autorizadas a destruir armas químicas

11 outubro 2013

O diretor-geral da Organização para a Proibição de Armas Químicas, Opaq, afirmou que o fim temporário dos combates na Síria seria útil para o trabalho dos especialistas no terreno.

Uma missão conjunta da Opaq e da ONU iniciou os trabalhos de verificação e destruição dos estoques de armas químicas no país. O objetivo é eliminar as armas até meados de 2014.

Assista à reportagem de Edgard Júnior, da Rádio ONU, para o Jornal da Globo News.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud