C4Pedro planeia concertos e criação de um “gesto do laço vermelho”

7 outubro 2013

Cantor angolano assume nesta segunda-feira o posto de novo embaixador da Boa Vontade do Onusida ao lado da colega Titica; em entrevista à Rádio ONU, artista diz que quer promover concertos beneficentes e um grande espetáculo com a artista também embaixadora.

Mônica Villela Grayley, da  Rádio ONU em Nova Iorque.

O cantor angolano C4Pedro toma posse nesta segunda-feira, em Luanda, capital de Angola, como novo embaixador da Boa Vontade do Onusida. A agência da ONU também nomeou a cantora Titica para o posto.

Ambos devem fazer um trabalho de consciencialização para a prevenção e o tratamento do vírus do Sida.

Tabu

Em entrevista à Rádio ONU, de Luanda, C4Pedro disse que a questão ainda é tabu em Angola e noutros países africanos.

“Os famosos não falam isso não. Isso é um tabu muito grande. Dizer que fulano tem Sida é um tabu. Falar Sida, já doi, as pessoas vão correr logo.”

Faixa Etária

C4Pedro disse ainda que vai dar uma atenção especial aos jovens que formam grande parte de sua legião de fãs. Para eles, é preciso aumentar as informações nesta faixa etária de Angola.

“Os jovens não estão muito preocupados. Para eles, isso sequer existe. Por causa da discriminação, as pessoas infetadas tornam-se muito escondidas. Ficam num mundo à parte. Independentemente de estarem na sociedade, mas têm que esconder isso. Então os jovens não têm consciência. Nem eu tinha tanta consciência quanto agora.”

O cantor C4Pedro disse ainda que está a estudar a criação de um gesto nos seus espectáculos para lembrar o laço vermelho do Onusida, de combate à doença.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud