OMS apoia iniciativas a favor da saúde mental do idoso em Angola

7 outubro 2013

Agência destaca necessidade de chamar atenção para a prevenção de distúrbios que afetam a terceira idade e o seu bem-estar social.

De Luanda para a Rádio ONU, Cláudia Longa*

O Ministério angolano da Saúde realizou, neste sábado, em Luanda, uma marcha alusiva às celebrações do Dia Mundial da Saúde Mental a assinalar-se a 10 de Outubro. A data deve ser marcada sob o lema “Saúde Mental na Terceira Idade”.

Na alocução que marcou o início da marcha, o representante da Organização Mundial da Saúde, OMS, em Angola, Hernando Agudelo disse tratar-se de uma forma de chamar atenção da sociedade para a prevenção de distúrbios que afetam essa idade e o seu bem-estar social.

Depressão

Os exemplos mencionados foram a depressão, as doenças cardiovasculares, a diabetes, a falta de atividade física e mental e o isolamento.

O responsável encorajou os organizadores da iniciativa a fazer do exercício físico uma prática regular e uma bandeira, que deve contribuir para uma melhor qualidade de vida. Os outros benefícios apontados são a prevenção de doenças e de outras práticas nocivas à saúde, entre as diversas faixas etárias da população, e não apenas para as pessoas mais idosas.

Saúde Individual

Para o representante da OMS em Angola, iniciativas do género permitem sensibilizar de forma muito eficaz os diversos setores da sociedade, para os cuidados a ter com a saúde individual.

Conforme a definição da OMS, a qual a saúde é o estado de completo bem-estar físico e espiritual, e não apenas a ausência de doenças ou de enfermidades.

Assistência

Finalmente, Hernando Agudelo manifestou o desejo da OMS de continuar a prestar a sua assistência técnica para a elaboração de estratégias e de planos de ação.

As iniciativas devem conter uma série de atividades sociais e de saúde com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas idosas, em particular.

*Com reportagem da Rádio Nacional de Angola.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud