Ban pede manifestações pacíficas no Egito, programadas para domingo
BR

5 outubro 2013

Secretário-Geral ressalta a importância de protestos sem violência; segundo agências de notícias, pelo menos quatro pessoas morreram em passeata ocorrida na sexta-feira.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral das Nações Unidas está ressaltando a importância de protestos pacíficos, do respeito à liberdade de reunião e do compromisso com a não-violência. A mensagem de Ban Ki-moon é dirigida às manifestações programadas para este domingo, no Egito.

Ban destaca a necessidade de inclusão política, total respeito aos direitos humanos, incluindo de cidadãos detidos e a lei como a base para uma transição pacífica e democrática.

Transição

O chefe da ONU lembra que estes são princípios que as autoridades egípcias se comprometeram a cumprir no plano de transição.

Agências de notícias afirmam que pelo menos quatro pessoas morreram na sexta-feira durante uma passeata a favor do presidente deposto Mohamed Mursi. Ele foi o primeiro presidente eleito por voto livre no país, mas retirado do poder pelos militares no dia 3 de julho.

O Secretário-Geral e outros representantes das Nações Unidas já destacaram, por várias vezes, que autoridades e líderes políticos têm a responsabilidade de acabar com a violência durante protestos e o uso excessivo da força no Egito.