No Dia Mundial da Habitação, ONU pede transportes mais eficientes
BR

7 outubro 2013

Secretário-Geral lembra dificuldades a passageiros e serviços, causadas por congestionamentos; Ban quer sistema de transporte público rápido e seguro nos países em desenvolvimento.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

As Nações Unidas escolheram neste ano a “Mobilidade Urbana” como tema do Dia Mundial da Habitação, comemorado nesta segunda-feira.

O Secretário-Geral lembra que a poluição causada pelos transportes e os congestionamentos são mais frequentes nos países em desenvolvimento. Segundo Ban Ki-moon, cidades dessas nações têm dificuldades em atender a demanda crescente por investimentos no setor.

Exemplo

Em São Paulo, maior cidade da América do Sul, a consultora Milena de Lima enfrenta diariamente horas parada no trânsito. À Rádio ONU, ela contou sobre as dificuldades ao usar ônibus e trem.

“Eu geralmente pego um ônibus, um metrô e um trem. Isso demora em torno de uma hora e meia. Na hora da volta, é mais estressante, a viagem é mais longa e eu demoro aproximadamente duas horas. Muitas vezes, não consigo ir sentada, porque o volume de pessoas é grande. E ser mulher é muito difícil pra mim, porque realmente é muito cheio ás vezes alguém pode te desrespeitar em algum momento.”

Segurança

O Secretário-Geral ressalta ainda a segurança como uma questão séria para mulheres, jovens e minorias. Ban diz que mobilidade não significa construir mais rodovias, mas sim fornecer transporte adequado e eficiente para todos.

Já o diretor-executivo do ONU-Habitat, o Programa das Nações Unidas para Assentamentos, afirma que a mobilidade está no centro do acesso aos serviços básicos, trabalho, educação, cuidados médicos e comércio.

Ao invés dos carros, Joan Clos pede mais incentivo ao uso de trens, ônibus, bicicletas e apoio aos pedestres, para que o setor de transportes seja sustentável.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud