Entrevista: Teresinha da Silva

2 outubro 2013

A coordenadora nacional da ONG Women and Law in Southern Africa apela a uma reflexão sobre as pessoas idosas que sofrem da violência após serem acusadas de prática de feitiçaria.

A também ativista da luta pelos direitos humanos das pessoas idosas fala do impacto da duplicação da população idosa em Moçambique, sustentada por vários estudos da entidade. O país possui 1,4 milhão de pessoas idosas.

Atualmente cerca de 20% das pessoas idosas sofrem vários tipos de violência. Após serem acusadas de feitiçaria são mortas ou expulsas das suas residências.

Além de atuar em Moçambique, a ONG regional faz pesquisas sobre a situação dos direitos das mulheres no Botswana, no Lesoto, no Malawi, na Suazilândia, na Zâmbia e no Zimbabué.

Acompanhe a entrevista a Ouri Pota.

Tempo total: 08:07''

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud