Secretário-Geral condena assassinatos de dezenas de estudantes na Nigéria

Secretário-Geral condena assassinatos de dezenas de estudantes na Nigéria

Ataque na Faculdade de Agricultura em Gujba, nordeste do país, fez mais de 40 mortos; Ban Ki-moon alarmado com o aumento da brutalidade e dos ataques contra estudantes e professores.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Secretário-Geral das Nações Unidas condenou vigorosamente o assassinato de mais de 40 estudantes num ataque na Faculdade de Agricultura em Gujba, no estado nigeriano de Yobe, no nordeste do país.

Segundo agências de notícias, homens armados entraram nos dormitórios e dispararam contra os estudantes no momento em que dormiam. Há suspeitas de que os autores do ataque, ocorrido no domingo, pertençam ao grupo extremista islâmico Boko Haram.

Tragédia

O chefe da ONU enviou condolências às famílias das vítimas, ao governo e ao povo nigeriano, pelo que chamou de “ocasião trágica”. Ban Ki-moon está “alarmado com o aumento da brutalidade e da frequência dos ataques contra estudantes e professores no norte da Nigéria”.

Ban exigiu o fim imediato de “crimes insensíveis e chocantes”, e lembra que não pode haver justificativa para tal violência.

O Secretário-Geral pede que os autores do crime sejam rapidamente levados à justiça e lançou um apelo por mais esforços para prevenir ataques semelhantes e para garantir a proteção dos civis.

*Apresentação: Eleutério Guevane.