Lusófonos na ONU: Amatijane Cande

30 setembro 2013

O jornalista da Guiné-Bissau foi um dos 11 contemplados com a bolsa Reham Al-Farra 2013.

Todos os anos, um grupo de jornalistas de países em desenvolvimento é escolhido para passar várias semanas na sede das Nações Unidas, em Nova York, acompanhando a Assembleia Geral. O programa é promovido pelo Departamento de Informação Pública da ONU.

Neste bate-papo para o quadro “Lusófonos na ONU”, Amatijane Cande conta o que viu nos bastidores da organização durante os últimos dias e sobre a experiência de participar do programa ao lado de colegas do Iraque, Paraguai e Serra Leoa.

O jornalista guineense acredita que a experiência irá mudar totalmente sua carreira e será muito positiva para o seu futuro profissional.

Acompanhe a conversa com Leda Letra.

Tempo: 4’40’’

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud