Acnur elogia anúncio do Brasil sobre vistos humanitários para sírios
BR

27 setembro 2013

Agência da ONU ressalta que país é o primeiro nas Américas a adotar medida de ajuda a refugiados da Síria; pelo menos 3 milhões de brasileiros têm ascendência síria.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, elogiou nesta sexta-feira a decisão do Brasil de conceder vistos especiais humanitários para os sírios que fogem da guerra civil.

A medida do Comitê Nacional para Refugiados, Conare, foi publicada no Diário Oficial da União na terça-feira. Em Genebra, o porta-voz do Acnur declarou que a decisão deve acelerar a entrada de sírios ao Brasil

Asilo

Segundo Adrian Edwards, o Brasil é o primeiro país nas Américas a adotar uma medida deste tipo. O porta-voz citou a estimativa de que 3 milhões de brasileiros têm ascendência síria, resultado da onda de imigração ocorrida no começo do século 20.

As embaixadas do Brasil em países vizinhos à Síria devem emitir os vistos e o pedido de asilo deve ser apresentado na chegada ao Brasil. Até agora, pelo menos 280 cidadãos sírios estão vivendo como refugiados em solo brasileiro.

Europa

Desde o começo do conflito, em março de 2011, 2 milhões de sírios fugiram do país e buscaram abrigo em outras nações. A maioria está no Líbano, Iraque, Jordânia e Turquia.

O Acnur cita que a Alemanha deve receber 5 mil sírios que estão no Líbano e a Áustria, outros 500. Vários países, como Austrália, Canadá, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Holanda e Noruega, já ofereceram assentamento para os refugiados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud