Na ONU, Zuma saúda apoio pela liberdade e democracia e cita Mandela

25 setembro 2013

Líder sul-africano manifesta gratidão ao mundo e diz que herói da luta anti-apartheid responde ao tratamento em casa; Estadista anuncia a celebrações das duas décadas da nova nação em 2014.

Eleutério Guevane, Rádio ONU em Nova Iorque.

Ao anunciar a celebração dos 20 anos de liberdade e democracia na África do Sul, o líder do país, Jacob Zuma, agradeceu à comunidade internacional pelo seu apoio ao processo que culminou com a nova nação.

Zuma disse que o antigo presidente, Nelson Mandela, responde ao tratamento em casa. O responsável saudou a solidariedade internacional durante a hospitalização do herói da luta anti-apartheid.

Novo Mundo

As palavras citadas por Zuma foram proferidas por Mandela no dia da sua investidura em 1994.

Ao citar o antigo presidente, o líder sul-africano que se compreende que não haja nenhum caminho fácil para a liberdade. Que é bem sabido que a agir só, ninguém pode alcançar o sucesso. Como declarou, deve-se agir em conjunto como um povo unido para a reconciliação nacional, para construção da nação e para o nascimento de um novo mundo.

Em alusão a Mandela, Zuma pediu justiça e paz universais. O apelo também foi por trabalho, pão, água e sal para todos. Ao concluir o trecho, pediu que cada um saiba que, para cada corpo, a mente e a alma foram libertados para a sua própria realização.

Infeção

De 8 de junho aos princípios deste mês, o prémio Nobel da Paz ficou internado após o agravamento de uma infeção pulmonar.

Na abertura dos debates da Assembleia Geral, Jacob Zuma anunciou que as celebrações das duas décadas de liberdade e democracia, no próximo ano, serão um pretexto para alargar a parceria com as Nações Unidas.

A proposta do líder sul-africano é que o mundo estabeleça como  alvo da celebração dos 70 anos da ONU, em 2015, a criação de um “Conselho de Segurança reformado, mais inclusivo, democrático e representativo.”

Assista aqui aos discursos em tempo real.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud