Milhares de crianças estão fugindo da violência na Síria sozinhas
BR

21 setembro 2013

Menores desacompanhados tentam cruzar as fronteiras do país para escapar do fogo cruzado entre tropas do governo, rebeldes e milícias; muitos estão se refugiando no Vale do Becá, no Líbano.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Unicef informou que milhares de crianças sírias estão fugindo da violência no país totalmente desacompanhadas de seus familiares.

Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância, mais de 4150 crianças foram registradas pela agência da ONU nesta situação. Deste total, cerca de 1,7 mil procuraram o Vale do Becá, na fronteira com o Líbano, como porto seguro.

Agricultura

O Unicef alertou que o fato das crianças estarem sozinhas as expõe a exploração e abusos.

A porta-voz do Fundo, Marixie Mercado, disse que muitos menores estão trabalhando para sustentar suas famílias, mas querem voltar para a escola.

Há relatos de que as crianças sírias que chegaram ao Vale do Becá, no Líbano, estão sendo aproveitadas em trabalhos de agricultura.

Iraque e Jordânia

Pelo menos 300 menores se refugiaram no Iraque, e quase 1,2 mil na Jordânia. O grupo contém crianças de até 9 anos de idade.

Uma das meninas registradas pelo Unicef contou que viu o próprio pai ser assassinado. Aya, de 11 anos, está agora frequentando aulas de recreação do Unicef. O Fundo providencia apoio educacional, médico e psicossocial para os menores traumatizados pela violência e a guerra.

Mais da metade dos refugiados do conflito na Síria são crianças.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud