Ban condena ataque contra comboio de missão internacional no Kosovo

19 setembro 2013

Incidente resultou na morte de soldado da missão europeia de política e da justiça do Kosovo; Secretário-Geral pede cooperação para as investigações e que seja garantida segurança.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condenou vigorosamente  o ataque que resultou na morte de um soldado da Missão de Justiça da União Europeia no Kosovo.

Um comboio da força, conhecida por Eulex, foi atacado nesta quinta-feira, no norte da região que se declarou independente da Sérvia em 2008.

Justiça

Após endereçar condolências à família do malogrado, Ban pediu uma investigação rápida e completa para levar os autores do ataque à justiça.

O chefe da ONU disse que a Missão de Administração Interina das Nações Unidas no Kosovo, Unmik, dispõe-se a fornecer total apoio para o efeito.

Tensões

A região declarou-se autónoma após anos de tensões étnicas, mas não foi reconhecida pela Sérvia. Desde então, a União Europeia facilita o diálogo entre as partes sobre várias questões.

Em nota, o Secretário-Geral  salienta o papel fundamental desempenhado pela presença das forças internacionais no Kosovo.

Ban Ki-moon ressalta a importância de cooperação de todas as partes interessadas nas investigações, e na garantia de segurança, liberdade de movimento e implementação dos mandatos das entidades internacionais.

Ajude-nos a entender como você vê a ONU News e o que espera encontrar aqui. Participe da nossa pesquisa!