ONU Brasil debate os 65 anos da Declaração dos Direitos Humanos
BR

19 setembro 2013

Uma palestra no Rio de Janeiro analisou fatos históricos sobre o tema; especialista fala sobre a influência do documento na criação da Constituição de vários países.

Thor Weglinski, do Rio de Janeiro para a Rádio ONU.*

O Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil, Unic Rio, realizou nessa quarta-feira uma palestra sobre os 65 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

O documento foi proclamado pela Assembleia Geral da ONU em 10 de dezembro de 1948. O evento do Unic na cidade do Rio de Janeiro foi promovido em parceria com o Instituto Interamericano de Fomento à Educação, Cultura e Ciência, Ifec.

Democracia

Na palestra, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, OAB, em Niterói, falou sobre a importância da democracia, segurança, direito de ir e vir, educação e saúde.

Em entrevista à Rádio ONU, Valdir Costa lembrou que a Declaração Universal dos Direitos Humanos influenciou a criação de Constituições em vários países.

História

“A declaração de 1948 foi de uma importância muito grande para quase todas as Constituições do mundo e foi referência inclusive para o Brasil. E essa referência colocou muita coisa no lugar em termos de direitos humanos.”

Também professor da Universidade Federal Fluminense, Valdir Costa citou episódios históricos brasileiros relacionados aos direitos humanos, como o movimento da Inconfidência Mineira, em 1789.

No evento, o especialista analisou todas as sete Constituições que o país já teve, com destaque para a de 1988, que incorporou ideias da Declaração Universal. Desde 2005, o Ifec e o Unic Rio mantêm uma parceria para a realização anual de palestras e atividades voltadas para a educação.

*Apresentação: Leda Letra, com reportagem do Unic Rio.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud