Confusão nas embalagens faz 90% dos americanos desperdiçar alimentos
BR

19 setembro 2013

Pnuma destaca resultados de uma pesquisa feita por ONG parceira e Universidade de Harvard; produtos ainda bons para o consumo são descartados por informações confusas sobre data de validade.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A falta de regras nos Estados Unidos sobre as etiquetas com o prazo de validade dos alimentos leva 90% dos americanos a jogar fora comida que ainda está boa para o consumo.

Esse é o principal resultado de uma pesquisa conduzida pela Universidade de Harvard e o Conselho de Defesa dos Recursos Naturais. A ONG é parceira do Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma.

Regulamentação

Segundo o levantamento, os consumidores nos Estados Unidos ficam confusos com as informações nas embalagens dos alimentos: as etiquetas trazem mensagens de “vender até...”, “consumir até...” ou “melhor antes de...”

Os pesquisadores ressaltam que falta uma regulamentação sobre as etiquetas com o prazo de validade, o que leva a uma interpretação errada sobre o consumo adequado do alimento.

Perdas Financeiras

Com isso, os consumidores acabam desperdiçando 40% dos estoques de comida a cada ano, equivalente a US$ 165 bilhões, ou mais de R$ 367 bilhões.

O estudo defende que seja estabelecido um sistema de identificação da validade dos alimentos que seja mais claro para os consumidores e de fácil entendimento.

Qualidade

Além disso, a pesquisa sugere que seja informado com clareza até quando é seguro consumir o alimento e a data máxima da preservação de sua qualidade.

O diretor-executivo do Pnuma comentou o resultado do estudo, destacando que a quantidade de comida jogada fora no mundo é um “dos exemplos mais emblemáticos de como a humanidade está desperdiçando, sem necessidade, seus recursos naturais”.

Achim Steiner defendeu que todas as pessoas e governos façam algo para combater o desperdício e assim, ajudem a reduzir as emissões de gases que causam o efeito estufa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud