Unido apoia laboratório de metrologia em Moçambique

Unido apoia laboratório de metrologia em Moçambique

Agência cita benefícios para competitividade, infraestrutura e redução de barreiras comerciais, tidos como obstáculos para desempenho do país nos mercados internacionais.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A instalação de um laboratório de metrologia em Moçambique foi destacada, esta sexta-feira, pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, Unido. 

No seu site da Internet, a agência indica que o projeto deverá aumentar a competitividade nos setores privado e industrial, além de desenvolver as capacidades do país em matéria de infraestrutura de qualidade.

Benefícios

O reforço do sistema da área, que é dedicada às medições, é tido como fator para promover a confiança dos consumidores e a proteção das empresas locais contra a concorrência desleal.

Os outros benefícios referidos são a redução das barreiras ao comércio e o potencial de ajuda ao país na competição com o sistema de comércio global.

Qualidade

O laboratório faz parte do projeto denominado “Competir com Qualidade”, concebido pela Unido e financiado pela União Europeia.

As instalações foram inauguradas pelo presidente moçambicano, Armando Guebuza, na área de Zimpeto, na capital Maputo.

Precisão

Para a agência da ONU, quando acompanhadas por pessoal treinado e capaz as infraestruturas de medição adequada podem permitir que o país realize medições precisas.

O comércio, a indústria e o desenvolvimento económico privado são considerados fundamentais para o desenvolvimento sustentável e para os planos de redução da pobreza em Moçambique.

Crescimento Inclusivo

Para a agência, o país continua a enfrentar obstáculos para competir nos mercados internacionais devido a deficiências da infraestrutura nacional de qualidade.

As autoridades foram citadas pela prioridade cada vez maior dada à “promoção do crescimento económico inclusivo, através do desenvolvimento de pequenas e médias empresas e da indústria.