Ataque em acampamento no Iraque é condenado pela ONU
BR

1 setembro 2013

Pelo menos 47 pessoas foram mortas e várias outras feridas no incidente em Ashraf, ao norte de Bagdá; Unami divulga balanço da violência no Iraque em agosto, quando mais de 800 pessoas foram mortas.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas condenaram, “nos termos mais fortes”, um ataque ocorrido neste domingo no acampamento de Ashraf, no Iraque. O local serve de residência para dissidentes do governo.

No incidente, 47 pessoas morreram e várias ficaram feridas, mas ainda não está claro de quem foi a autoria do ataque. Uma nota do porta-voz do Secretário-Geral destaca que a ONU “deplora os eventos trágicos ocorridos em Ashraf.”

Investigação

Ban Ki-moon apela para a restauração imediata da segurança no campo e lembra ser responsabilidade do governo iraquiano garantir a segurança dos residentes do acampamento. Na nota, Ban pede ainda ao governo  que investigue imediatamente os fatos.

A Missão da ONU de Assistência ao Iraque, Unami, foi informada pelas autoridades iraquianas que apoio médico já foi enviado ao local. A Unami planeja enviar rapidamente uma missão ao campo, para fazer sua própria avaliação do incidente.

Agosto

O ataque também foi condenado pelo Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, que lembrou que “o uso da violência contra a população civil é inaceitável em qualquer circunstância”.

Neste domingo, a Unami divulgou o balanço da violência no Iraque no mês de agosto. Segundo a missão, 804 iraquianos foram mortos e outros 2,030 ficaram feridos em “atos de terrorismo e violência”.

Os civis eram a maioria dos mortos e outras 88 pessoas eram integrantes das forças de segurança do país. Bagdá foi a localidade que mais registrou incidentes.

A Unami lembra que apesar das casualidades de agosto terem sido menores do que as de julho, o “impacto da violência nos civis é perturbadoramente alto.”

Desde o começo do ano, mais de 5 mil civis foram mortos e outros 12 mil ficaram feridos no Iraque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud