Área atingida por suposto ataque químico na Síria recebe inspetores da ONU

26 agosto 2013

Equipa de investigação retornou a Damasco após um ataque a tiros ao comboio da organização os inspectores visitaram hospitais e conversaram com médicos e sobreviventes.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Uma equipa de inspetores de armas das Nações Unidas conseguiu realizar a visita ao local de um suposto ataque químico, perto de Damasco, capital da Síria.

A informação foi dada pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, que realiza uma viagem oficial à Coreia do Sul.

Autoridades

Ban contou que conversou com a chefe para o Desarmamento, Angela Kane, que relatou a ele os trabalhos dos inspetores.

O grupo que havia obtido autorização do governo sírio para investigar o incidente, nesta segunda-feira, foi recebido a tiros, que atingiram o comboio da ONU.

Após retornar a Damasco para ter o carro substituído, os inspetores voltaram a Ghouta, onde visitaram hospitais, conversaram com sobreviventes e médicos sobre o ataque, ocorrido no último dia 21 de agosto.

Segundo agências de notícias, os inspetores de armas, liderados por Aka Sellstroem, também recolheram amostras do local.

Ban encerrou a nota a dizer que pediu à alta representante para o Desarmamento para registrar uma reclamação séria ao Governo da Síria e às autoridades das forças de oposição pelo ataque ao comboio da ONU.

Ele disse que os tiros contra o carro jamais deveriam ter acontecido. Ban afirmou esperar que a segurança da equipa de investigadores seja realizada a partir desta terça-feira.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud