ONU adota Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e Paz
BR

23 agosto 2013

Assembleia Geral aprovou resolução que determina que a data seja comemorada em 6 de abril; Vuk Jeremic afirmou que o esporte personifica as características mais valiosas da humanidade.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Assembleia Geral da ONU aprovou, esta sexta-feira, resolução que determina que o Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e a Paz seja comemorado em 6 de abril.

O presidente da casa, Vuk Jeremic, afirmou que o esporte representa a personificação das características mais importantes da humanidade.

Cerimônia

Presentes à cerimônia estavam o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge e o tenista número um do ranking mundial, Novak Djokovic. 

O presidente do COI saudou a adoção do dia do esporte e disse que os Jogos Olímpicos representam a base dessa iniciativa.

Segundo Rogge, eles fornecem uma plataforma global para que os atletas de todos os cantos do planeta possam competir num ambiente que promova excelência, amizade e respeito.

Djokovic, que também é embaixador da boa-vontade do Unicef, espera que o Dia Internacional do Esporte sirva de motivação para que as pessoas invistam nos valores esportivos, como justiça, trabalho em equipe e respeito aos oponentes.

Djokovic explicou que esses ideais são universais e servem de base para  todas as sociedades de sucesso.

Perseverança e Disciplina

Segundo o presidente da Assembleia Geral, “o esporte exige perseverança e disciplina, incluindo princípios de integridade e justiça que inspiram a todos irem além de seus próprios limites.”

Jeremic lembrou que em 1993, a Assembleia Geral adotou resolução pedindo que os países realizassem uma trégua durante os Jogos Olímpicos.

Para o presidente do órgão, a intenção não era apenas suspender as hostilidades, mas fortalecer os esforços internacionais na promoção da paz e da reconciliação entre os Estados-membros.

Objetivos do Milênio

Em 2010, Jeremic afirmou que durante a reunião plenária de alto nível sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, os chefes de Estado adotaram a resolução que reconheceu o esporte como uma importante ferramenta para se atingir os ODMs.

O presidente da Assembleia Geral declarou que o esporte pode ser um poderoso instrumento para a paz e a reconciliação e, também, para promover a união das pessoas através das celebrações.

Ele citou o ex-presidente sul-africano, Nelson Mandela, que disse que “o esporte tem o poder de mudar o mundo, o poder de inspirar e unir as pessoas de uma forma que poucos outros tem.”

Jeremic disse que por causa do esporte, as divisões étnicas, religiosas e econômicas acabam ficando de lado, junto com a discriminação, o medo e o desentendimento.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud