Conselho de Segurança pede mais controlo civil e dos militares no Mali

16 agosto 2013

Declaração dos 15 países-membros do órgão elogia os malianos pela participação pacífica nas presidenciais; autoridades instadas a decidir rapidamente sobre as eleições legislativas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Os membros do Conselho de Segurança sublinharam a importância do reforço do controlo civil e da supervisão dos militares na sequência das eleições presidenciais no Mali.

Os Estados-membros elogiaram o povo maliano pela participação pacífica no processo, que culminou com a vitória de Ibrahim Boubacar Keita na segunda volta das eleições presidenciais de 11 de agosto.

Transição

Em comunicado, emitido esta sexta-feira, o órgão afirma que tomou nota da declaração das autoridades de transição a confirmar o presidente-eleito do Mali.

Os 15 países integrantes consideram a realização do pleito um passo importante para a restauração do governo democrático e da ordem constitucional no país da África Ocidental.

Legislativas

Mas o Conselho pede a rápida realização de eleições legislativas livres, justas e transparentes. Neste sentido, foi salientada a importância do diálogo e do processo de reconciliação nacional.

Um apelo foi lançado aos signatários do Acordo de Ouagadougou para implementação integral das suas disposições. O pacto foi assinado entre militares e rebeldes tuaregues a 18 de Junho na capital do Burquina Faso.

Solução Política

O Conselho pede ainda que sejam lançadas negociações de paz inclusivas e credíveis abertas a todas as comunidades do norte de Mali, nos prazos estabelecidos pelo Acordo. O objetivo é que seja garantida “uma solução política duradoura para a crise, a paz e a estabilidade a longo prazo.”

Nesta quinta-feira, o Secretário-Geral da organização congratulou o vencedor do pleito, tendo reiterado a posição da ONU em acompanhar a próxima fase de estabilização e consolidação do processo de paz maliano.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud