Perspectiva Global Reportagens Humanas

Acnur alerta para entrada maciça de milhares de sírios no Iraque BR

Acnur alerta para entrada maciça de milhares de sírios no Iraque

Agência da ONU afirmou que o fluxo repentino aconteceu nesta quinta-feira; número de refugiados sírios já ultrapassou 1,9 milhão de pessoas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, alertou que milhares de sírios atravessaram a fronteira do país com o Iraque nesta quinta-feira.

Segundo o Acnur, aproximadamente 7 mil pessoas usaram a ponte que liga os dois lados na região de Peshkhbour.

Razões

O porta-voz da agência, Adrian Edwards, afirmou, esta sexta-feira em Genebra, que as autoridades não sabem ainda dizer as razões que levaram a esse movimento maciço e repentino.

Alguns sírios estavam há dois ou três dias perto do Rio Tigre, em acampamentos montados na área. Monitores do Acnur disseram que viram vários ônibus trazendo muitas pessoas para o local.

Famílias

A maioria dos refugiados é formada por famílias, principalmente das regiões de Aleppo e Efrin, muito atingidas pela crise na Síria. Depois de cruzarem a ponte, eles disseram que tinham parentes morando no norte do Iraque, área dominada pelos curdos.

Edwards afirmou que o Acnur e parceiros estão trabalhando juntos com as autoridades iraquianas para ajudar no processo de chegada dos novos grupos.

Refugiados

O porta-voz afirmou que o número de refugiados sírios nos países vizinhos atingiu 1,9 milhão. Edwards citou apenas as pessoas que se cadastraram como refugiadas ou entraram com o pedido junto ao Acnur.

Ele disse que mais de 60% delas chegaram neste ano fugindo da violência na Síria.

Segundo Edwards, o Líbano é o país que mais recebeu refugiados até agora com 684 mil, seguido da Jordânia, com 516 mil e a Turquia com 434 mil. Além deles, estão também o Iraque com 154 mil e o Egito, que abrigou até o momento 107 mil refugiados sírios.