Ban elogia povo do Zimbabué por eleições pacíficas

2 agosto 2013

Secretário-Geral pede transparência e justiça na consideração das preocupações ligadas ao processo; eleitores foram às urnas para escolher o presidente, deputados e representantes locais.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral das Nações Unidas elogiou o povo do Zimbabué pela votação “largamente pacífica” e pelo facto de este ter exercido os seus direitos democráticos.

Nesta quarta-feira, os eleitores foram às urnas para escolher o presidente, 210 deputados e vereadores locais. A  Comissão Eleitoral do Zimbabué tem até cinco dias para declarar os vencedores.

Preocupações

Em nota, emitida esta sexta-feira, Ban Ki-moon refere que tem vindo a acompanhar de perto as eleições. O pronunciamento sublinha que as preocupações levantadas em torno de determinados aspetos do processo eleitoral devem ser seguidas nos canais estabelecidos.

O chefe da ONU salienta que tais inquietações devem ser consideradas de uma forma transparente e justa, tendo referido que o mais importante é que seja respeitada a vontade do povo do Zimbabué.

Contagem

Para Ban, a expectativa é que prevaleça a calma e o clima pacíficos durante a contagem dos votos, e ao longo da conclusão do processo eleitoral.

Ao presidente Robert Mugabe, ao primeiro-ministro, Morgan Tsvangirai, e aos partidos políticos, o Secretário-Geral recorda o compromisso de garantir eleições pacíficas. Um apelo foi lançado pelo responsável no sentido de que sejam enviadas mensagens claras de calma aos respetivos apoiantes.

Reformas

A nota termina com o incentivo à liderança zimbabueana, no sentido de que possa governar de forma responsável e inclusiva.

Ban recomenda também uma busca de políticas e de reformas que possam aprofundar a governação democrática, além de estimular a recuperação económica em beneficio de todos os zimbabueanos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud