Apontados avanços no ambiente político e direitos humanos no Burundi

23 julho 2013

Em relatório, Secretário-Geral da ONU revela expetativas animadoras com retorno de políticos ao país africano que realiza eleições em 2015.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas no Burundi destacou o reforço do diálogo político nos progressos registados nos últimos meses pelo país africano.

Na apresentação do relatório ao Conselho de Segurança da ONU, Parfait Onanga-Anyanga considerou que o quadro geral dos direitos humanos durante o primeiro semestre de 2013 foi “misto”.

Mortes

O representante salientou o facto de o período ter registado “um número muito menor” de casos de morte que teriam sido politicamente motivadas, relativamente ao passado.

O que considerou “uso e inapropriado da força por agentes de segurança do Estado e, principalmente da polícia,” é tido como caso mais saliente das violações de direitos humanos documentados desde o início do ano.

Forças Políticas

Entre os progressos, o responsável apontou o retorno ao país de figuras políticas relevantes como um sinal encorajador. Para Onanga-Anyanga, o facto demonstra a disponibilidade de  todas as forças políticas em cooperar para a realização de eleições livres, justas e pacíficas em 2015.

Onanga-Anyanga observou que os políticos retornados voltaram a exercer as suas atividades e, em alguns casos, vários partidos angariam membros em diferentes partes do Burundi.

O responsável relatou a ocorrência de confrontos esporádicos entre forças do governo e grupos armados, tendo acrescentado que, para este ano, a situação dos direitos humanos oferece uma perspectiva animadora.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud