ONU condena ataque que matou sete boinas azuis em Darfur, no Sudão BR

ONU condena ataque que matou sete boinas azuis em Darfur, no Sudão

Secretário-Geral disse que está indignado com o atentado que deixou 17 feridos; homens armados montaram emboscada para comboio que transportava militares da ONU e da União Africana.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas condenaram um ataque a um comboio da Missão conjunta da organização e da União Africana em Darfur, Unamid. O atentado ocorreu na manhã deste sábado no sul de Darfur.

Em nota, o Secretário-Geral afirmou estar indignado com o ataque que matou sete boinas-azuis da Tanzânia e deixou outros 17 soldados das forças de paz feridos.

Emboscada

Segundo testemunhas os integrantes da missão de paz foram vítimas de uma emboscada quando eram transportados no comboio da Unamid, na localidade de Khor Abeche.

Entre os feridos estão policiais da Unamid incluindo duas mulheres. Ban Ki-moon enviou pêsames às famílias das vítimas, ao governo da Tanzânia e a todos os integrantes da missão.

Ele condenou o que chamou de um “ataque hediondo”, e lembrou que este é o terceiro em três semanas. Ele disse que espera que o governo do Sudão tome providência rápidas para levar os autores do atentado à justiça.