OMS vai formar comissão de emergência para tratar do coronavírus
BR

5 julho 2013

Agência diz que número de casos ainda não constitui níveis de pandemia, mas autoridades precisam estar alertas; 70 infecções foram registradas com 40 mortes desde setembro passado.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou que irá formar uma comissão de emergência para tratar dos riscos de novas contaminações com o coronavírus.

Em comunicado, divulgado nesta sexta-feira em Genebra, a agência da ONU afirmou que a doença ainda não atingiu níveis de pandemia, mas mesmo assim, as autoridades de saúde em todo o mundo devem aumentar medidas de vigilância.

Oriente Médio

A comissão será composta por especialistas internacionais, que deverão decidir se a doença constitui uma situação de emergência pública.

Desde setembro passado, quando foi detectado, o coronavírus já infectou 70 pessoas e matou 40, a maioria no Oriente Médio. Os países com o maior número de casos são Arábia Saudita, Jordânia, Catar e os Emirados Árabes Unidos.

Peregrinação

Outros cinco países fora da região também notificaram casos do coronavírus: França, Alemanha, Itália, Tunísia e Grã-Bretanha. Todas as infecções estão associadas a pessoas que viajaram ao Oriente Médio.

Os especialistas estão preocupados também com a possibilidade de mais casos de coronavírus com a chegada da peregrinação muçulmana, o hajj, na Arábia Saudita, que atrai milhões de fieis.

Os sintomas do coronavírus são semelhantes aos de uma pneumonia com tosse, febre alta e dores no corpo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud