Alto Comissariado de Direitos Humanos visitará Guiné-Bissau

3 julho 2013

Viagem de secretário-geral assistente, Ivan Simonovic, chegará ao país africano neste domingo, onde deve permanecer até 11 de julho; convite foi feito pelo governo de transição.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Um representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos inicia neste domingo uma viagem oficial à Guiné-Bissau.

Ivan Simonovic irá ao país de língua portuguesa da África Ocidental, para conhecer de perto a situação dos direitos humanos. O convite foi feito pelo governo de transição guineense. O secretário-geral assistente deve permanecer na Guiné até 11 de julho.

Sociedade Civil

Na agenda estão encontros com o presidente da Assembleia Nacional, o presidente do Supremo Tribunal de Justiça e o procurador-geral, além de representantes da Associação de Juristas.  Simonovic também terá reuniões com a Comissão de Direitos Humanos e organizações da sociedade civil.

O representante da União fará visitas ao Hospital Nacional Simão Mendes, um centro de detenção em Bissau e um centro de auxílio jurídico. Está igualmente prevista uma visita a uma prisão na cidade de Mansoa, localizada no nordeste da capital guineense.

Ivan Simonovic participará ainda da Conferência Nacional sobre Impunidade, Justiça e Direitos Humanos, que ocorrerá entre 10 e 12 de julho. Ele deve manter encontros com as autoridades do governo de transição incluindo o presidente, o primeiro-ministro e os titulares das pastas dos Negócios Estrangeiros, da Justiça e do Interior.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud