União Africana pede mais investimentos para o trabalho no continente

18 junho 2013

Objectivo é promover a criação de mais empregos em toda a região; montante deve gerar um crescimento inclusivo e ajudar a erradicar a pobreza.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque. *  

A presidente da Comissão da União Africana, Nkosazana Dlamini Zuma, pediu aos países africanos e aos parceiros internacionais que aumentem os investimentos para criar mais empregos no continente.

Zuma, que é a primeira mulher a chefiar a entidade, disse que a Comissão está determinada a aumentar os esforços para promover a geração de novos postos de trabalho, como também para erradicar a pobreza.

Empregos

No discurso feito na Conferência Internacional do Trabalho, a decorres até 20 de junho, Zuma citou ainda a distribuição equilibrada de empregos, particularmente para mulheres e jovens.

África conseguiu resistir bem aos choques económico internos e externos e, calcula-se que o continente cresça 4,8% em 2013 e 5,3% no ano seguinte.

População Mundial

Zuma afirmou que até 2025, os jovens africanos vão representar 25% da população mundial e até 2040, o índice deve subir para 50%.

Segundo a presidente da Comissão, nos próximos 50 anos, aproximadamente 1,1 mil milhão da força de trabalho global estará em África.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud