Unicef alerta que ajuda não chega em áreas rurais perto de Damasco
BR

14 junho 2013

Agência da ONU afirmou que 1,2 milhão de pessoas na região precisam urgentemente de assistência humanitária; quase 2 milhões de crianças foram vacinadas contra sarampo, caxumba e pólio.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, alertou que não conseguiu levar ajuda humanitária para 1,2 milhão de pessoas que vivem nas áreas rurais de Damasco, na Síria.

Há meses, os comboios da ONU que deveriam levar o material para aproximadamente 5 mil famílias não entram na região por causa dos confrontos.

Acesso

O Unicef voltou a pedir ao governo e a oposição que autorizem o acesso seguro das organizações humanitárias à população e, também, a proteção das crianças contra todas as formas de violência.

O Fundo informou que em outras regiões do país, como em Aleppo, a agência entregou equipamentos para armazenar vacinas e suprimentos escolares para quase 70 mil alunos.

Vacinação

A porta-voz Marixie Mercado, afirmou que a agência da ONU está distribuindo sopa para 10 milhões de pessoas por todo o país.

Com o apoio do Ministério da Saúde e da Ong Crescente Árabe da Síria, o Unicef conseguiu vacinar quase 2 milhões de crianças contra o sarampo, caxumba, rubéola e pólio em áreas de conflito.

Ela disse ainda que a agência está fornecendo materiais de higiene, limpeza e para purificação da água a milhões de sírios.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud