Em Timbuktu, Unesco encerra primeira etapa para reconstrução dos sítios

10 junho 2013

Pesquisa encerrada realizada até princípios de junho revela ainda a necessidade de reparação e proteção do património cultural; ação deve ser seguida por um Plano de Ação da agência da ONU para o Mali.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque. *

Um grupo de especialistas disse ter descoberto que os danos causados ao património cultural da cidade maliana de Timbuktu são piores do que as estimativas iniciais.

Os peritos da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, apontam para 14 mausoléus totalmente destruídos, incluindo os que são Património Mundial.

Ofensiva

Na semana passada, o grupo avaliou a situação no centro urbano, que foi um dos quatro recuperados do controlo de radicais islâmicos em janeiro. A ofensiva foi levada a cabo por forças do governo com o apoio da França.

Segundo a Unesco, a missão dos peritos foi o primeiro passo para a reconstrução e segurança dos sítios de Timbuktu, já que muitos fazem parte da lista de Patrimónios Mundiais da Unesco.

Conservação Urgente

O especialista da agência, Lazare Eloundou Assomo, lamentou que o monumento El Farouk, que fica na entrada de Timbuktu, esteja arruinado.

A agência da ONU calcula que mais de 4,2 mil manuscritos do centro de pesquisa Ahmed Baba tenham sido perdidos e outros 300 mil, que agora estão na capital do país, Bamako, precisam de conservação urgente.

Reconstrução

A missão liderada pela Unesco contou com especialistas de várias instituições parceiras, do governo francês e da União Europeia no Mali de 28 de maio a 3 de junho.

O grupo disse ter reunido o mais número possível de informações sobre o património cultural e o que será necessário para reparos, reconstrução e proteção. Os resultados serão utilizados para finalizar o Plano de Ação para o Mali.

Foram consultados militares, líderes religiosos e responsáveis pela segurança do patrimônio durante a missão que incluiu o contacto com os locais destruídos com destaque para os mausoleus do Cemitério dos Três Santos, do cemitério Alpha Mova e o estado de conservação de três mesquitas.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud