Com a chegada do verão, aumentam casos de diarreia e hepatite A na Síria
BR

6 junho 2013

Segundo Organização Mundial da Saúde, baixas condições de higiene e saneamento levaram a crescimento de 172% nos casos de diarreia severa; Unicef distribuiu água limpa a mais de 100 mil sírios.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a chegada do verão está aumentando os riscos de surtos de doenças transmissíveis na Síria. Nas últimas duas semanas, houve aumento de 172% dos casos de diarreia severa.

Só em Homs, a condição afetou mais de 1,2 mil pessoas. A agência da ONU e parceiros estão monitorando a qualidade da água e fornecendo medicamentos.

Ajuda Humanitária

A leishmaniose contaminou mais de 800 pessoas, mais da metade em Alepo. Foram também reportados casos de hepatite A, a maioria em Alepo e na área rural de Damasco.

O Fundo da ONU para a Infância, Unicef, está distribuindo kits de água e de higiene para mais de 100 mil pessoas na Síria. Já são 6,8 milhões de sírios que precisam de ajuda, entre os que estão deslocados no país e os que se refugiaram em nações vizinhas, como Líbano e Jordânia.

Os civis que estão em Al-Qusayr, a sudoeste de Homs, sofrem com o aumento dos conflitos e muitos não estão conseguindo sair da cidade. Eles precisam urgente de comida, tendas para abrigo, água e roupas.

Armas Químicas

Na quarta-feira, o Secretário-Geral da ONU divulgou uma nota onde voltou a expressar muita preocupação com relatos do uso alegado de armas químicas na Síria.

Ban Ki-moon lembra que a missão estabelecida para investigar o caso continua esperando do governo autorização para entrar no país. O chefe da missão, Ake Sellström, esteve em Paris, onde recebeu informações do governo francês sobre o uso de armas químicas.

Sellstöm adverte que a validade das informações não está garantida, já que não há evidências concretas dos dados coletados. O chefe da missão da ONU reitera ser essencial a investigação no local do conflito.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud