Ban cita o poder do esporte para construir um futuro pacífico e próspero
BR

5 junho 2013

Secretário-Geral da ONU disse que as atividades esportivas são um meio valioso para se alcançar a paz e o desenvolvimento; declaração foi feita no Terceiro Fórum Internacional sobre Esporte para a Paz e o Desenvolvimento.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que “se o mundo trabalhar em equipe, poderá usar o poder do esporte para construir o futuro pacífico e próspero que todos querem.”

A declaração foi feita, esta quarta-feira, na abertura do Terceiro Fórum Internacional sobre Esporte para a Paz e o Desenvolvimento, que está sendo realizado na sede das Nações Unidas, em Nova York.

Brasil

O ministro do esporte do Brasil, Aldo Rebelo, participou do evento e em entrevista à Rádio ONU, falou sobre o envolvimento da organização com o esporte.

“As Nações Unidas passam a ver, cada vez mais, o esporte como uma forma de promoção não apenas do desenvolvimento, mas também da harmonia entre as nações, entre os povos, o esporte como instrumento de promoção da paz. E acho que o Brasil vai aprofundar esta cooperação e fazer com que a ONU tenha no Brasil um ponto de apoio importante para o esporte como instrumento da paz e do desenvolvimento.”

Paz

Ban Ki-moon afirmou que o esporte é um meio valioso para se alcançar a paz e os objetivos de desenvolvimento, incluindo saúde, educação e igualdade de gêneros.

O chefe da ONU afirmou que está feliz em ver cada vez mais governos usando o esporte e as atividades físicas como ferramenta para o desenvolvimento econômico e social.

Iniciativas

Ban disse que várias agências da ONU estão usando iniciativas esportivas para atingir seus objetivos, entre elas, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, o Fundo de População e o Alto Comissariado para Refugiados.

O Secretário-Geral falou também sobre a ligação da ONU com o Comitê Olímpico Internacional, COI. Nos jogos olímpicos de Londres, em 2012, Ban participou da corrida para carregar a tocha olímpica e levou a bandeira olímpica na cerimônia de abertura das olimpíadas, no ano passado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud